Dive/SC alerta para a prevenção contra o sarampo durante a Copa do Mundo

Escrito por

s vésperas da Copa do Mundo de 2018, a Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive/SC) alerta para a necessidade de imunização contra o sarampo para quem vai viajar para a Rússia. A vacina deve ser tomada com, pelo menos, dez dias de antecedência da data do embarque. Em Santa Catarina, até 29 de maio de 2018, foram aplicadas 76.143 doses da vacina tríplice viral, que protege contra o sarampo, a rubéola e a caxumba.

Os viajantes precisam estar com as vacinas em dia, especialmente contra o sarampo, já que dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontam que a Europa teve um aumento de 400% nos casos da doença em 2017 em relação a 2016.

“O expressivo aumento de casos na Europa e os casos já registrados no Brasil, nos estados de Roraima, Manaus e Rio Grande do Sul em 2018, servem de alerta para a população que ainda não está imunizada, pois o sarampo é uma doença altamente contagiosa e pode deixar sequelas graves.”, afirma o Diretor da Dive/SC, Eduardo Macário. Ele alerta, ainda, que o estado enfrenta dificuldades para atingir boas taxas de imunização entre os adultos.

Veja mais

Comentários

Artigos por Tags:
· · ·
Artigos da Categoria:
Saúde

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *