Prefeito de Porto Belo entra na Justiça para alterar a Lei Orgânica do Município, temendo ter seu mandato suspenso em decorrência da instauração da Comissão Parlamentar Processante

Escrito por

O Prefeito Evaldo, no dia 06/10/2015, promoveu perante o Tribunal de Justiça Catarinense, uma ação declaratória de inconstitucionalidade, objetivando derrubar alguns artigos da Lei Orgânica do nosso Município, que classificam atos que eventualmente possam ser praticados por ele como infrações político-administrativas, punidas com a cassação do seu mandato.

Dentre essas infrações está não só a nomeação, admissão ou designação de servidor em desacordo com a Lei, como também:

“- Ordenar ou efetuar despesas não autorizadas por lei, ou realiza-las em desacordo com as normas financeiras pertinentes;

– deixar de prestar contas, no devido tempo, ao órgão competente, da aplicação de recursos, empréstimos, subvenções ou auxílios internos ou externos recebidos a qualquer título;

– antecipar ou inverter a ordem de pagamento a credores do município, sem vantagem para o Erário;

– deixar de fornecer certidões de atos ou contratos municipais dentro do prazo estabelecido em lei.”

Entretanto, ao analisar o pedido liminar formulado na referida ação, o Nobre Relator Desembargador Vanderlei Romer decidiu por bem aguardar a manifestação da Câmara dos Vereadores e do Procurador-Geral da Justiça, afirmando que o Prefeito “está a defender interesse próprio, pessoal”  utilizando-se dos serviços do Procurador-Geral do Município, “conduta altamente questionável”

Ou seja, mais uma manobra do nosso tão bem assistido juridicamente Prefeito Evaldo!!!!

Fonte: www.tjsc.jus.br  –  ADIN nº 2015.069108-9.

Despacho (Acesso aqui)

Despacho - 16 10 2015

….

Leia também

Câmara de Vereadores aceita denúncia de cidadão contra o Prefeito Evaldo

Câmara de Vereadores divulga criação da Comissão Parlamentar Processante na apuração de possível prática de infração do Prefeito Evaldo

Câmara de Vereadores publica comunicado ao Prefeito Evaldo sobre a criação da Comissão Parlamentar Processante

 

Prefeitura de Porto Belo oferta subsídio a Praiana para atender bairros com poucos usuários

O Prefeito de Porto Belo cria lei com aprovação da Câmara de Vereadores,  instituindo  subsídio…

João Victor campeão Brasileiro de Jiu-Jitsu, pela faixa Cinza, na categoria Mirim.

Esse menino é de ouro! Saiu no Jornal A Novidade, João Victor, de 7 anos,…

Prefeitura abre seleção para 20 voluntários em programa de alfabetização

A Secretaria Municipal De Educação De Porto Belo, torna público o edital para a seleção…

Prefeitura de Porto Belo adquiri dois caminhões por R$ 518 mil

Dois caminhões serão adquiridos pela gestão do Prefeito Emerson (MDB) e Vice Elias (PSD). No…

Há 50 dias, Prefeitura de Porto Belo impede cidadão de fazer a parte que lhe cabe

Eu sempre podava a grama em frente a minha casa, juntava o cocô da cachorrada…

Câmara de Vereadores de Porto Belo cria o Banco Municipal de Materiais Ortopédicos do Município

O banco de materiais, será constituído por materiais ortopédicos usados ou novos, doados pela comunidade,…

Dr. José e equipe do Pronto Atendimento de Porto Belo recebendo muito elogios

“Estive essa semana no P.A ,também fui atendida pelo mesmo médico .Quero dizer que ele…

Vereadores prometem solução da linha de ônibus do Araça e não cumprem

Sobre a linha de ônibus chegar até as famílias após Igreja Católica no Araça, atual…

Segundo acesso e o crescimento populacional de Bombinhas

Segundo Acesso, vamos por parte para compreender a situação. Em setembro de 2015, foi realizada…

Quem é culpado por ainda não ter o segundo acesso para Bombinhas?

Pegando uma carona num dos posts publicado no grupo Unidos por Bombinhas, segundo o Ministério…

Comentários

Artigos da Categoria:
Cidadão · Dívidas · Na Justiça · Tô de Olho

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *