Quem é culpado por ainda não ter o segundo acesso para Bombinhas?

Escrito por

Pegando uma carona num dos posts publicado no grupo Unidos por Bombinhas, segundo o Ministério Público Federal  “a proposta inicial do Estado não apresentava nenhuma outra alternativa de trajeto que pudesse ter menos impacto no meio ambiente (…) O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan)  aguarda desde 2008 que o Estado apresente um Projeto de Monitoramento Arqueológico para a obra” (Destalhes aqui)  Em 2014 saiu essa nota do Ministério Público Federal; “Destaca-se que desde 2010 há decisão judicial sobre o caso. Passados quase quatro anos pouco se fez para o cumprimento das exigências legais.  Os responsáveis pelo atraso são os órgãos governamentais que não atenderam as exigências legais para o licenciamento de uma obra com tamanho impacto ambienta” (Detalhes aqui) Enfim, não foram os ambientalistas, como muitos propagam,  e sim a incompetência do Governo do Estado. Ainda assim recebeu os parabéns, “na noite (…) de 26  [outubro de 2017], o Poder Legislativo de Bombinhas prestou homenagem ao governador Raimundo Colombo” (https://goo.gl/aK6b99) . É fácil culpar os outros! Foto: Hora de Porto Belo

Comentários

Artigos da Categoria:
Mobilidade

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Menu Title