“Quero ser gari”, diz criança que residiu em Porto Belo

Escrito por

Se perguntarem a muitos pais o que desejam para o futuro do seu filho, logo vem a mente as profissões clássicas: professor, médico, dentista, engenheiro, entre outros. Os pais de Pyetro, ex-morador de Porto Belo, agora em Caçador, alimentam a esperança do menino de um dia trabalhar na função de Gari. Essa humilde e sincera paixão, não vem de hoje, quando residia em Porto Belo bastava ouvir o barulho do caminhão de recolha de lixo que ele se debruçava na janela para contemplar a imagem mais radiante para ele, ver os garis trabalhando. Por várias vezes sentou junto com Carlos Miguel Rocha, Moacir Gomes, Orlando Alves David, Alan Vagner Varela (me corrijam, posso ter esquecido algum), garis em Porto Belo, para tomar refrigerante. Fez aniversário por esses dias e pediu como tema da festa: Gari. Os pais apropriadamente incentivaram a esse menino de coração humilde e de muita luz. Pela carinha dele a festa foi muito legal. Todas as crianças convidadas se divertiram num dia de Gari. Para o Pyetro esse nome soa igual a um Super Herói. É uma atitude sábia, iluminada, a criança se apaixona pela profissão que contribui para saúde de todos os seres humanos, como seria nossas vidas sem os garis? Felicidades ao pequeno e sábio Pyetro.

Com o irmão, participação em família

 

Batendo um papo com os super heróis:  

 

Comentários

Artigos por Tags:
· ·
Artigos da Categoria:
Criança e Adolescente

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *