Cidadã questiona ação da Prefeitura de Porto Belo na proteção de animais abandonados.

Escrito por

Por Ana Guaiati

Porto belo está um descaso, ninguém [Prefeitura de Porto Belo] se importa com tantos cães e gatos sendo abandonados, ou será que todos estão sofrendo de uma doença chamada cegueira? Impossível né seu prefeito, que não sobra um pouquinho do nosso imposto pra fazer um abrigo para esses anjos, e se não isso, pelo menos tente punir quem comete esse descaso com esses inocentes bichinhos, porque aí quando a cidade estiver infestada de cães e gatos de rua, ai talvez queira resolver o problema com a matança dos bichos, como tentou fazer da outra vez, mas por sorte esses anjos ainda tem voz, que não será calada tão facilmente, mas peço que mais gente se mobilize, e que não finja que não está vendo, e se alguém que consegue chegar no prefeito, por favor, não se cale, ajude esses anjos!!! 

MP acusou os envolvidos em fraude nos valores dos terrenos negociados pela Prefeitura em 2012.

Em 2017, o MP de Porto Belo se manifestou informando “As manipulações dos valores a fraude nas avaliações apresentadas por Almir são facilmente verificáveis nos autos. O imóvel correspondente à área verde do loteamento Jardim Pôr do Sol foi adquirido por Adalberto pelo valor de R$ 900.000,00 (…), e o terreno do centro de Porto Belo foi adquirido pela municipalidade pela importância de R$ 2.063.264,00 (…), valores distantes dos que posteriormente foram obtidos durante a tramitação deste Inquérito Civil.

Professores indignados com a retirada de incentivos pela gestão do Prefeito Emerson Stein e Vice Elias Cabral

A votação principal foi agendada para 1º de agosto às 19 h na Câmara de Vereadores de Porto Belo, centro.

Ministério Público propôs ação civil pública por ato de improbidade administrativa contra os ex-prefeitos Albert Stadler e Osvaldo Claudino Ramos Filho dentre outros.

No documento de 22 de fevereiro de 2017 são mencionados os nomes de Albert Stadler (Ex-Prefeito), Osvaldo Claudino Ramos Filho (Ex-Prefeito), Adalberto de Souza, Porto Marinas Empreendimentos S/A, Astel – Associação dos Empregados da Telesc, Complexo Turístico Porto das Águas Ltda – ME, Almir de Souza e a própria Prefeitura de Porto Belo.

Mais confusão relacionada a negociação em 2012 do terreno da Telesc. O Ministério Público considerou ilegal

Manifestação do Ministério Público, comarca de Porto Belo, em 2017, diz: “no curso das investigações,…

Muita confusão no Termo de Acordo Judicial promovido pela gestão do Prefeito Emerson Stein e Vice Elias Cabral sobre o terreno da antiga Telesc.

Precisamos do parecer de advogados. Muitas são as dúvidas referentes ao terreno dos fundos da…

Cidade de Porto Belo precisa de muito mais

Quando se administra uma cidade, se faz para todos, não para grupos de privilegiados e…

População de Porto Belo pede mais atenção aos animais abandonados

Olá políticos preocupados com a reeleição. Se o sentimento de humanidade não se apresenta, que…

Na UBS Vila Nova, se você precisa pega e leva roupas.

Bom dia galera estamos com a ação do cabide solidário aqui na UBS VILA NOVA…

Gestão do Prefeito Emerson Stein e Vice Elias Cabral continua deficiente na fiscalização dos terrenos baldios

Difícil caminhar né? Até mesmo de carro é difícil de ver se a rua está…

O descaso com os pontos de ônibus em Porto Belo

Estamos falando de pontos de ônibus construídos em 2015 e 2016, ao valor de R$…

Artigos da Categoria:
Animais · Cidadão

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *