Mercado exige empresas e profissionais sustentáveis

Escrito por

A professora de gestão de Pessoas e Liderança da IBE-FGV, Ligia Molina, especialista em Desenvolvimento Organizacional é categórica. “A sustentabilidade é obrigatoriedade das empresas que desejam se manter no mercado, sob pena de serem extintas”. A especialista ainda vai além. “Não obstante as organizações terem essa preocupação, é necessário que os seus líderes e profissionais também possuam essa característica”.

De acordo com Ligia Molina, nas empresas, a sustentabilidade é ameaçada frente aos diversos desafios enfrentados no dia a dia corporativo, que vão além dos ambientais, como o cenário financeiro e econômico, necessidades tecnológicas, competitividade, mudanças legais e outras que impactam o mundo dos negócios constantemente.

Atualmente, o consumo mundial de recursos naturais renováveis supera a capacidade de sustentação do planeta, por isso, o desenvolvimento sustentável tem que ser prioridade das organizações. Para a professora, é essencial promover a sustentabilidade corporativa com ações práticas como a diminuição de resíduos, o desenvolvimento de produtos e serviços “verdes”, além da contratação da mão-de-obra de idosos, aprendizes e deficientes. A conscientização de clientes, fornecedores e colaboradores também está entre as principais necessidades.




Para Ligia Molina e o professor de Responsabilidade Social e Sustentabilidade da IBE-FGV, Luiz Fernando Bueno de Araújo, a questão pode ser resolvida a partir de profissionais que possuam a sustentabilidade em seu “DNA”. “Se a empresa é feita de pessoas, elas é que precisam ser o agente da solução”.

A crise econômica colocou profissionais qualificados e experientes à disposição do mercado. Mas, além das condições técnicas para cada função, o diferencial é trazer em sua bagagem a sustentabilidade.

“Cada geração deve legar às gerações vindouras um meio ambiente igual ou melhor do que aquele recebido das gerações precedentes. Por isso, a grande meta que sintetiza esse esforço é compartilhar transformação produtiva com equidade social e sustentabilidade ambiental”, diz Luiz Bueno.

A sustentabilidade está automaticamente ligada aos valores de cada profissional. Por isso as empresas estão preocupadas com os valores que o profissional carrega para dentro dela, um comportamento que tem impactado o mercado. “A plataforma liderança sustentável tem sido uma ferramenta extraordinária para mostrar ao mundo corporativo o que o mercado exige nos dias de hoje dos seus líderes. Provendo conteúdos que possuem esses valores em sua base, ela permite o acesso universal a esse desenvolvimento, de maneira simples e objetiva”, diz Bueno.




Artigos por Tags:
·
Artigos da Categoria:
Convívio · Meio Ambiente

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *