MP aponta indícios de improbidade em eventos na cidade de Navegantes

Escrito por

A Justiça determinou o bloqueio dos bens do prefeito Roberto Carlos de Souza (PSDB), de Navegantes,  no Vale do Itajaí, do secretário de Turismo do município, Carlos Sérgio de Souza, e de três representantes de uma empresa de eventos por improbidade administrativa. Conforme a liminar, oito shows nacionais foram feitos no município em 2013 sem a devida licitação e com valor superfaturado, num total de R$ 580 mil. Pelos autos, o MP concluiu que a prefeitura poderia ter contratado diretamente as bandas, sem intermédio da empresa de eventos, evitando “danos ao erário e enriquecimento ilicito da empresa”. A mesma empresa também realizou a hospedagem, camarim, transporte e produção e fornecimento de alimentos nos show. Legalmente, cada serviço deveria ter sido ser licitado individualmente, são informações do Portal G 1, leia mais.

Roberto Carlos de Souza (PSDB) - Reprodução twitter

Roberto Carlos de Souza (PSDB) – Reprodução twitter

 

….

[wc_posts author=”” author_name=”” p=”” post__in=”” order=”DESC” orderby=”date” post_status=”publish” post_type=”post” posts_per_page=”10″ taxonomy=”” field=”slug” terms=”” title=”yes” meta_all=”yes” meta_author=”yes” meta_date=”yes” date_format=”M j, Y” meta_comments=”yes” thumbnail=”yes” content=”yes” paging=”yes” size=”large” filtering=”yes” columns=”3″ gutter_space=”40″ heading_type=”h2″ layout=”masonry” template=”borderless” excerpt_length=”30″][/wc_posts]

Comentários

Artigos da Categoria:
Na Justiça

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *