Pioneira da Costa pede recuperação judicial.

Escrito por

Segundo matéria no Diário Catarinense,  os pedidos de recuperação judicial de duas tradicionais empresas do setor pesqueiro acenderam o alerta na região: uma das principais e mais tradicionais fontes de riqueza dos municípios do litoral passa por turbulência. A concorrência acirrada com os importados, o aumento do dólar e o reajuste nos preços da gasolina e da energia elétrica, são alguns dos fatores listados por empresários e especialistas para justificar a crise.

A matéria informa ainda,  enquanto a Leardini, de Navegantes, atribui a dívida de R$ 121 milhões à disparada da moeda americana, a Pioneira da Costa, de Porto Belo, diz que a diminuição da matéria-prima e a dificuldade em obter crédito são os motivos que agravaram a situação. Saiba mais sobre esse assunto no Diário Catarinense.

pescado

Artigos da Categoria:
Negócios

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *