Porto Belo Institui a campanha de valorização da vida, o Dia Municipal de Prevenção ao Suicídio.

Escrito por

A campanha Setembro Amarelo passa a integrar o calendário oficial de eventos do Município de Porto Belo.

A campanha Setembro Amarelo tem como finalidade:

– promover palestras e seminários para orientar e alertar a população sobre como reconhecer possíveis suicidas, bem como palestras direcionadas aos profissionais de saúde para qualificá-los na identificação de pacientes que se enquadrem nesse perfil;

– ampliar a divulgação e exposição do tema, por meio da afixação de cartazes com a descrição de eventuais sintomas de comportamento de índole suicida, alertando para a necessidade de reconhecimento e intervenção precoces, utilizando-se, também, dos meios de comunicação acessíveis à população;

– implantar canais de atendimento pessoal aos indivíduos em risco ou àqueles que demonstrem sintomas que possam acarretar a tentativa de suicídio;

– direcionar atividades e ações de apoio para o público-alvo da campanha;

– monitorar os casos com provável risco de suicídio, para avaliação e cuidado;

– promover a interdisciplinaridade entre os profissionais que irão atuar na abordagem do público-alvo da campanha;

– discutir e promover o debate sobre o suicídio e suas possíveis causas;

– estimular e disseminar, em parceria com as escolas, unidades básicas de saúde, entidades, organizações não governamentais e demais instituições, o debate sobre o suicídio, ampliando a discussão sob o ponto de vista social e educacional; e

– contribuir para a redução dos casos de suicídio em Santa Catarina.

A campanha Setembro Amarelo terá como símbolo um laço de fita na cor amarela, devendo as repartições públicas, em todas as esferas, bem como, por livre adesão, as da iniciativa privada, participarem da divulgação da campanha mediante a utilização de iluminação e decoração, na mesma cor amarela, em suas sedes, monumentos, logradouros públicos, em especial os de relevante importância e de grande fluxo de pessoas, durante o mês de setembro.

Confira a lei na integra

Artigos da Categoria:
Saúde

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *