Prefeito de Porto Belo entra na Justiça para alterar a Lei Orgânica do Município, temendo ter seu mandato suspenso em decorrência da instauração da Comissão Parlamentar Processante

Escrito por

O Prefeito Evaldo, no dia 06/10/2015, promoveu perante o Tribunal de Justiça Catarinense, uma ação declaratória de inconstitucionalidade, objetivando derrubar alguns artigos da Lei Orgânica do nosso Município, que classificam atos que eventualmente possam ser praticados por ele como infrações político-administrativas, punidas com a cassação do seu mandato.

Dentre essas infrações está não só a nomeação, admissão ou designação de servidor em desacordo com a Lei, como também:

“- Ordenar ou efetuar despesas não autorizadas por lei, ou realiza-las em desacordo com as normas financeiras pertinentes;

– deixar de prestar contas, no devido tempo, ao órgão competente, da aplicação de recursos, empréstimos, subvenções ou auxílios internos ou externos recebidos a qualquer título;

– antecipar ou inverter a ordem de pagamento a credores do município, sem vantagem para o Erário;

– deixar de fornecer certidões de atos ou contratos municipais dentro do prazo estabelecido em lei.”

Entretanto, ao analisar o pedido liminar formulado na referida ação, o Nobre Relator Desembargador Vanderlei Romer decidiu por bem aguardar a manifestação da Câmara dos Vereadores e do Procurador-Geral da Justiça, afirmando que o Prefeito “está a defender interesse próprio, pessoal”  utilizando-se dos serviços do Procurador-Geral do Município, “conduta altamente questionável”

Ou seja, mais uma manobra do nosso tão bem assistido juridicamente Prefeito Evaldo!!!!

Fonte: www.tjsc.jus.br  –  ADIN nº 2015.069108-9.

Despacho (Acesso aqui)

Despacho - 16 10 2015

….

Leia também

Câmara de Vereadores aceita denúncia de cidadão contra o Prefeito Evaldo

Câmara de Vereadores divulga criação da Comissão Parlamentar Processante na apuração de possível prática de infração do Prefeito Evaldo

Câmara de Vereadores publica comunicado ao Prefeito Evaldo sobre a criação da Comissão Parlamentar Processante

 

Deter diz que a responsabilidade de mudança de ponto final é da Prefeitura de Porto Belo

No dia 30 de janeiro de 2019, em plena temporada, encaminhamos questionamento ao Deter via…

Terminal Rodoviário em Perequê continua com os banheiros fechados aos domingos

Um terminal rodoviário deveria no mínimo oferecer acesso livre aos banheiros até o último horário…

Praça do Jardim Dourado precisa de manutenção urgente

Mais manutenção! A praça do Jardim Dourado, em frente ao Núcleo de Desenvolvimento Infantil Primeiros Passos,…

A partir de 30 de novembro será proibido o uso de canudos de plásticos nos comércios de Porto Belo

Com a lei nº 2744, de 21 de março de 2019, os hotéis, restaurantes, bares,…

Prefeito Emerson Cria o cargo de Diretor de Iluminação Pública

Você sabia que a Secretaria de Obras e Infraestrutura Urbana, agora tem o Diretor de…

Limparam a Rua Estrela Dalva, Perequê, após pressão popular

BOA NOTÍCIA! Postamos a situação da rua Estrela Dalva e conferimos se resolveram. Foram lá,…

Terminal Rodoviário José Carlos Moreira tranca o acesso aos banheiros nos domingos

Estive hoje no Terminal Rodoviário José Carlos Moreira, em Perequê, tendo como responsabilidade ser a…

Gestão Emerson e Elias fechou contratos de R$ 511 mil com artistas para shows

O valor total empregado pela Gestão do Prefeito Emerson Stein e Vice Elias Cabral com…

Os medalhões de Jiu-jitsu querem mais atenção da Prefeitura de Porto Belo

No dia 20, quarta, estive juntamente com pais de atletas de 6 a 16 anos…

As idas e vindas do tratamento de esgoto em Porto Belo

*Por Miriam Melim Porto Belo, uma pequena cidade com pouco mais de 20.000 habitantes, tem…

Artigos da Categoria:
Cidadão · Dívidas · Na Justiça · Tô de Olho

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *