Prefeito Evaldo revoga decreto que criou a Secretaria de Comunicação e a Secretaria de Participação Popular, alvo da Comissão Parlamentar Processante

Escrito por

O decreto Nº 1.381, de 27 de outubro de 2015,  revoga o decreto nº 1319, de 11 de março de 2015. Justamente o decreto que é alvo da Comissão Parlamentar Porcessante na Câmara de Vereadores de Porto Belo devido a criação por decreto de duas secretarias, de comunicação e de Participação Popular. Segundo divulgação no Diário Oficial dos Municípios, o Prefeito  Evaldo José Guerreiro Filho justifica que na edição do Decreto nº 1319/2015:

 

– não houve criação de cargos públicos nem aumento de despesas;

– as Secretarias criadas por Lei Municipal não contemplavam qualquer estrutura administrativa que configurasse aumento de despesas;

– a existência de cargos públicos de Secretário Municipal em número maior do que de agentes empossados, conforme a Lei Municipal 1489/2006;

– já havia previsão na Lei Orgânica Municipal quanto às atribuições dos Secretários Municipais conforme art. 116, dependendo apenas de regulamentação por ato do Prefeito, ao qual cabe o Decreto;

– já havia várias Leis Municipais, as quais definem, parcialmente, estrutura administrativa do Poder Executivo do Município de Porto Belo, dependendo de regulamentação (não cita as lei);

– tramitará na Câmara de Vereadores de Porto Belo, Projeto de Lei que redefinirá as Secretarias Municipais de Porto Belo e demais órgãos da administração pública municipal, bem como os cargos em comissão e suas atribuições, tudo contemplado em um único documento legal;

– os dispositivos infraconstitucionais em duplicidade de forma e mérito, deverão ser revogados pela legislação a ser encaminhada ao Poder Legislativo – Reforma Administrativa, de modo que se alinhem a simetria com as demais normas pátrias.

 

Então, se não houve criação de cargos, não contemplava aumento de despesas, havia previsão na Lei Orgânica Municipal quanto às atribuições dos Secretários Municipais, entre outros, por que o Prefeito Evaldo Revogou esse decreto?

 

 

Reprodução Facebook (Foto Editada)

Reprodução Facebook (Foto Editada)

 

 

….

As idas e vindas do tratamento de esgoto em Porto Belo

*Por Miriam Melim Porto Belo, uma pequena cidade com pouco mais de 20.000 habitantes, tem…

Na fila para Audiometria em grupo há 6 pacientes

Na fila para Audiometria em grupo na gestão do Prefeito Emerson Stein e Vice Elias…

Na Lista de Espera de Avaliação Urodinâmica tem 18 pacientes

Na Lista de Espera de Avaliação Urodinâmica da gestão do Prefeito Emerson Stein e Vice…

É assim ou a escuridão! Moradores de Porto Belo são obrigados a improvisar para ter energia elétrica

Querem um exemplo de rua abandonada? Aqui está! Rua Pedro Paulo dos Santos, Perequê. Não…

Coloque na agenda: Seminário Saneamento Básico Porto Belo

AMACPB Convida a todos para participarem do Seminário de Debates sobre o Saneamento de Porto…

Novo formato para a Fundação da Cultura – Mais cargos comissionados!

A Reforma Administrativa da Gestão do Prefeito Emerson Stein e Vice Elias Cabral modificou a…

Pagamos Bem!

Alguma dúvida que precisamos cobrar mais empenho e soluções? Se cobramos de muitos voluntários por…

Resposta da Secretaria de Turismo sobre a ausência de sinalização na praia de Perequê apontada por morador

Na segunda-feira recebemos essa mensagem de morador de Porto Belo: Hoje percorri a praia de…

Falta menos de 2 anos, momento de cobrar promessas

Falta menos de 2 anos para finalizar a gestão pública iniciada em janeiro de 2017.…

Dia de transatlântico e o comércio na praça central sem energia elétrica – frustração!

Encaminhamos para Ouvidoria do Estado, endereçado à Celesc, um pedido de explicação quanto ao procedimento…

Comentários

Artigos da Categoria:
Secretarias · Tô de Olho · Vereadores

Comentários

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *