Resort na Ilha: A travessia do cabeamento elétrico e de abastecimento de água será subaquática

Escrito por

Projeto Elétrico

O Resort terá sua implantação de instalações elétricas na Ilha em média tensão, através de alimentador vindo do continente a partir de poste da CELESC.  A travessia do cabeamento será subaquática, até chegar na Ilha, onde ocorrerá conexão com cabo subterrâneo, seguindo até a subestação a ser construída. Toda a rede de distribuição na Ilha será subterrânea. Os procedimentos e atividades para implantação dos alimentadores de energia estão detalhados no Anexo XVII. O cabeamento deverá ser submarino tripolar, tensão 12/20KV em trifólio seção 3 x 50 mm², com armação de aço e cabo com fibra óptica. Terá extensão aproximada de 550 m.

As instalações elétricas do Eco Resort Ilha de Porto Belo buscarão utilizar a menor demanda de carga possível através de mecanismo de redução de consumo, a partir do uso de equipamentos e mecanismos que atendam parâmetros de certificação de eficiência energética.

Entre os mecanismos de economia de energia está a utilização de lâmpadas econômicas dos tipos led e fluorescente T5,  partida eficiente de motores, quedas de tensão máxima de 2%, equipamentos aprovados pela PROCEL de baixo consumo de energia e motores com pequenas perdas.

Calcula-se a demanda de carga total das instalações do empreendimento na Ilha João da Cunha, de 680kVA, o que prevê a instalação de um transformador de 750 kVA e um gerador de 450kVA.

A CELESC – Centrais Elétricas de Santa Catarina S.A. – atesta a possibilidade de atendimento através de grupo gerador existente, movido a diesel, com as seguintes características:

– 01 gerador de 80 kVA com motor Perkins;

– 01 gerador de 70 kVA com motor Mercedes.

Quanto ao atendimento de energia elétrica ao empreendimento em seu setor no continente, é prevista uma demanda total de 45kVA, com entrada da energia a partir da rede pública em baixa tensão.

 

Projeto Hidrossanitário

O atendimento de infraestrutura de saneamento – abastecimento de águas e esgotamento sanitário é descrito pela empresa Vectra Engenharia, responsável pelos projetos hidrossanitários do empreendimento, da seguinte forma:

A água potável para o empreendimento será fornecido pela CASAN a partir do sistema existente no continente.  A travessia do tubo alimentador será subaquática, com tubo PEAD, diâmetro de 75 mm e com extensão aproximada de 1.000 m. O processo para enterrar o tubo ocorrerá num período de 15 a 20 dias, através de dragagem do tipo Air-Lift. Após instalado o tubo ficará enterrado cerca de 1 m no leito do oceano.

Para garantir o fornecimento de maneira contínua e com pressão suficiente, será instalado no continente um booster (estação de bombeamento) com potência aproximada de 15 CV.

O tubo PEAD foi adotado devido às suas características físico-químicas serem adequadas para o fim proposto, pois, é bem mais flexível do que outros materiais, o que facilita sua instalação no sistema Air-Lift, e sua durabilidade em contato com meios agressivos é bastante elevada, não existindo problemas de contaminação ou deterioração de sua estrutura.

Além do abastecimento pela CASAN haverá o aproveitamento de água de chuva e de esgoto cinza tratado para utilização em locais onde não há necessidade de água potável. Portanto para atendimento ao Resort serão construídos os seguintes reservatórios de água:

 Reservatório na Ilha

 A previsão de consumo de água calculado para o Resort com a utilização de água potável fornecida pela CASAN, água de aproveitamento de água de chuva e reaproveitamento de esgoto cinza tratado é o seguinte:

Abastecimento na Ilha

 A demanda de abastecimento de água permite estimar a geração de efluentes do esgotamento sanitário do Resort. A previsão de efluentes de esgoto negro é de 100 m³/dia e de esgoto cinza, 41 m³/dia. Deverá ser instalada uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) para esgoto negro, com capacidade para 110 m³/dia e uma ETE para água cinza para reaproveitamento com capacidade para 41 m³/dia. O efluente de esgoto negro, após tratado e neutralizado, será descartado no próprio local, através de uma rede de irrigação superficial. O esgoto cinza será tratado e reutilizado no sistema sanitário.

 

Foto Ilha de Porto Belo - 3

Foto: Reprodução Facebook – Perfil Ilha de Porto Belo

 

 

Artigos da Categoria:
Resort Ilha

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *