Virou tradição em Porto Belo, gestores públicos viajarem para a Espanha

Escrito por

Virou uma tradição, os gestores públicos de Porto Belo com dinheiro dos contribuintes viajar para Espanha em busca de mais conhecimento para alavancar o turismo em Porto Belo.

Após o retorno, o turismo em nossa cidade continua na mesma: trânsito caótico, reclamações quanto a partes da cidade cheirando a esgoto, sujeira nas praias e imprópria para banho.

Nas gestões anteriores aconteceu a mesma coisa e agora foi a vez do Vice-Prefeito Elias Cabral e da Presidente da Fundação do Turismo Zenelise Drodowski. Somente para despesas com hospedagem e alimentação, sem contar com transporte aéreo e terrestre o Elias recebeu R$ 11.430,00 e a Zene R$ 5.985,00, provavelmente em hotéis com categorias bem diferentes, pratos também, porque ambos receberam esse valor equivalentes a nove diárias e meia, de 19 a 28 de novembro de 2018.

A viagem faz parte do projeto do Sebrae para “os profissionais da Costa Verde & Mar vivenciarem como as regiões de Madri, Valência e Barcelona se tornaram referência em Destino Turístico Inteligente”. Dentre esses encontros, com a “Segittur, principal entidade gestora do Turismo Inteligente no mundo e a Organização Mundial do Turismo, visando entender o funcionamento do observatório do turismo”, diz Celso Pirmann do Sebrae.

Em Porto Belo, nada foi falado, a Assessoria de Imprensa da Prefeitura não deu destaque a essa viagem e até agora ainda não vimos retorno quanto a aplicabilidade do Turismo Inteligente. Quem sabe na próxima temporada, observaremos.

Artigos da Categoria:
Destaque

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *